29 de abr de 2011

Um casamento real na ficção

Amarra o controle remoto na cadeira porque hoje tem casamento na novela e eu não posso perder!  Casamentos, há os casamentos! Desde que Deus entendeu que não era bom que Adão vivesse sozinho e criou Eva para ele, que as pessoas resolveram replicar a primeira união e se casam, desde então tem sido assim...

Como o assunto do momento é o casamento real e suas ramificações, como: quem fez o vestido, ela estava de esmalte ou não além da cópias do anel de noivado se espalhando pelos camelódromos brasileiros, vamos então falar de... de... Casamentos em novelas!

Essa cena é clássica!

Toda obra que se preze apresenta, em duas partes, o casamento com eterno final feliz. Pode ser no último capítulo ou no meio da trama. Contudo, se for no meio corre o risco de ele, ou ser com a pessoa errada, ou acabar antes do final.

Os casamentos em telenovelas envolvem uma dezena de coisas:

Ele pode ser armado: neste caso, a vilã roubou o amor da mocinha, geralmente sedando ele e forjando uma cena de sexo para que a pobre moça indefesa pegue em flagrante.

Ele pode ser por dinheiro: o noivo é rico e alguma moça esperta resolve aplicar o golpe do baú.

Ele pode ser arranjado: isso acontece em novelas de época ou temáticas, como as da Glória Perez.

Ele pode - e é - cheio de clichês: Casamento em novela é exagerado, cheio de emoção. Sempre tem alguém que é contra o casamento e se tem a dúvida se essa pessoa vai aparecer na cerimônia. Os convidados sempre comentam algo fundamental durante a cerimônia e sempre, mas sempre, alguém chega depois da noiva e rouba a cena!

Querem ver? Vamos conferir alguns casamentos...

Casamento da Luciana em Viver a Vida


Casamento de Jacqueline e Thales em Ti-ti-ti


Casamento de Maya e Raj

3 comentários:

Caroline Garcia disse...

Tu esqueceu de dizer que as cópias do anel foi vendida nos camelódromos do mundo todo!!! Suuuuuucesso!!!!

Ah! Eu vou casar com uma versão verde do vestido da Katinha, tecido em renda de crina de jegue, pelas véia vesga do Ceará, no ano que vem...
Ah, e de esmalte vermelho, afinal eu sou plébe... né... meio rude, meio plebe, enfim.

29 de abril de 2011 20:09
ZUMBISCO disse...

Pow, eu ignorei esse casamento, no maximo fiz uma tirinha kkkkk

http://zumbisco.blogspot.com/

9 de maio de 2011 00:35
Saulo Thiago disse...

casamentos.. tô quase pra enlouquecer com essa história!! td mundo casanda, e ainda por cima vem a televisão alienar a massa para prticar!! queria passar só um mes sem ouvir essa palavra!!


não leva a mal não.. o post é ótimo, mas eu tinha que desabafar!!! rsrsrs

9 de maio de 2011 11:10