30 de abr de 2011

Cenozóica – Eric Clapton vem aí

Jimi Hendrix já morreu. Eddie Van Halen está “aposentado”. Resta então ao britânico Eric Clapton o posto de “deus da guitarra”. Aos 66 anos, o músico retorna ao Brasil neste ano para três shows.

Assim como qualquer grupo britânico, Clapton começou sua carreira nos pubs londrinos. Na década de 60, ficou à sombra dos Beatles com os Yardbirds, juntamente com Jimmy Page e Jeff Beck. Com o fim do grupo poucos anos depois, Jimmy Page saiu para formar juntamente com Robert Plant o Led Zeppelin. Jeff Beck partiu em carreira solo. Eric Clapton mudou de gênero e migrou para o blues, formando o Cream. A mudança funcionou, e então surgiram os sucessos Crossroads e Sunshine of Your Love.

Pouco tempo depois a carreira de Clatpon passava novamente por mudanças. Em 1970 teve início sua “carreira solo”, no grupo chamado Derek and the Dominos. Entretanto, a morte prematura de Duane Allman forçou o fim do grupo. Do grupo, ficou o hit Layla, uma música “dor de corno” feita por Clapton para seu amor Pattie Boyd.



As drogas e o álcool perseguiram o músico por um tempo, entretanto não afetaram sua genialidade. A morte do filho Conor, aos 11 anos, caindo do 14º andar do prédio onde morava, parece ter feito Clapton se curar de todos os problemas. Na música Tears in Heaven, uma homenagem ao filho, é perceptível a dor do cantor. Seu grande retorno veio no MTV Unplugged, gravado em 1993.

O músico vem ao Brasil em outubro deste ano para três show: 6 de outubro em Porto Alegre, 9 de outubro no Rio e 12 de outubro em São Paulo. Na turnê, os fãs poderão conferir seu novo trabalho e também os clássicos citados e alguns outros, como Wonderful Tonight, a regravação de I Shot the Sheriff, de Bob Marley, Cocaine e muitos outros. Todas as informações sobre ingressos podem ser conferidas no site http://www.livepass.com.br/

3 comentários:

Luis Sapir disse...

Eric é um gênio da guitarra mesmo! Ele merece ser o cara do momento, apesar de ter outros também a altura Clapton construiu sua fama e sua habilidade há muito tempo!

PS: Eu sou o Lufa.

9 de maio de 2011 01:06
CAMILA DE ARAUJO disse...

Sou fã da carreira do Eric durante o Cream só. Até admiro algumas maravilhas que ele criou na carreira solo, mas cream é cream!

http://www.papel40kg.com/

9 de maio de 2011 20:25
Wesley Rocha disse...

Tem umas musicas bem legais mesmo

16 de maio de 2011 12:16