15 de abr de 2010

Os Dom Corleone, Marlon Brando e Al Pacino em o Poderoso Chefão


Pelo amor de Deus, O Poderoso Chefão é indispensável para qualquer cinéfilo, mais ainda quando a história é excelente, os atores insuperáveis e, claro, quando se tem Marlon Brando o homem de múltiplas facetas.

Brando é Dom Vito Corleone um mafioso siciliano que acredita ser justo, mas mantém as características de um homem perigoso, porém com um caráter invejável pelos que o rodeiam.
O filme tem a típica fotografia estilo mafioso dos anos 40 e 50, em ambas as películas, I e II, são extraordinariamente elegantes e com histórias completas, onde há uma continuidade de fácil compreensão ao espectador.

Não tem como não se seduzir pelo enigmático padrinho Corleone, o godfather, Brando ensina o que é ser um bom ator, seu sotaque clássico de um siciliano, suas expressões de um homem persuasivo e também sensível. Marca registrada que ficou no cinema, não é a toa que tenha ganhado o Oscar de melhor ator.

A história começa com os pedidos de favores a Dom Corleone, pedidos vindo de seus conhecidos e “fiéis” amigos. Percebam que esta já é uma singela apresentação do que o Poderoso é capaz de fazer. A trama se inicia com a proposta de Virgil Sollozzo, o “Turco”, para aumentar os negócios entrando no narcotráfico, aí começa os maiores problemas, e uma caça de extremo a extremo onde muitos pagam com o sangue, desde traição a vingança.

Claro que não deixarei de citar a participação essencial de Al Pacino, o filho preferido de Corleone, ele Michael virá a assumir o lugar do pai já no primeiro Poderoso Chefão, mas é no próximo que Michael comandará a família.
É no segundo filme que a trama vai explicar o início de Dom na máfia e o desenredar de Al Pacino como o godfather 2.

São brilhantes as histórias, rica no cenário, com muita ação, mas nada apelativa e um drama convincente. Fica fácil entender a família Corleone sem culpá-los, a união deles é exemplar isso tudo devido ao roteiro bem escrito que nos faz entrar no filme.


Recomendo e aprovo essa super produção que move o espectador para um mundo de poder e conflitos.

19 comentários:

Macaco Pipi disse...

SÓ MAQUINAAA
SÓ OS CRAQUES!

15 de abril de 2010 12:08
30 e poucos anos. disse...

Putz...até fico envergonhado ... maaaaassss nunca assisti...e o pior é q tenho todos os filmes em casa

15 de abril de 2010 12:17
Daniel Silva disse...

sou outro envergonhado. só assisti o primeiro. vou tirar um final de semana pra assistir tudo.

abraço

15 de abril de 2010 12:47
*May Lopes disse...

O filme é muito bom mesmo!
Tanto que o nome do meu irmão é Marlon (meu pai escolheu por causa do filme!)

15 de abril de 2010 13:06
Luiz Brisa disse...

gosto d tdos
mas o primero foi o melhorrr xDD


http://vagalnerdkawai.blogspot.com/

15 de abril de 2010 13:23
WEL INFO disse...

só ta os fera mesmo hein! mais o filme é muito bom ae fica fácil falar né... só assistir o primeiro.

15 de abril de 2010 13:32
Caetano Lorenzetti disse...

po, massa teu blog! Organizado e conteúdo muito bom.. parabéns



http://analisefc.blogspot.com/

15 de abril de 2010 13:36
Felipe Gozijo disse...

Novamente um ótimo texto e quem disse que crítica tem que ser sempre ruim?

O Poderoso Chefão é um filme com um apelo tão forte, que todo mundo queria copiar essa transformação do Marlon Brando em Vito Corleone depois e o Al Pacino no seu papel de filho preferido é demais.

Até hoje quando vejo ele, me lembro de cenas com ele no Poderoso Chefão, inclusive pqe ele tem cara de cretino mafioso

Ótimo texto, ótimas pontuações e surpreendente. Continuarei visitando, gosto dos teus textos sobre cinema.

15 de abril de 2010 13:38
AnaCamila disse...

adoro esse stilo de filme...
beijos

blog TDB
www.daqueelejeito.blogspot.com

15 de abril de 2010 13:39
Guttwein disse...

A trilogia e praticamente um manual de conduta familiar...rsrs Fazendo as devidas ressalvas, se hoje, a união Familiar fosse levada a sério como os Italianos sempre o fizeram, as coisas seriam muito diferentes... nada de Nardone´s ou Richthofen´s existiriam! Essa que é a verdade...

15 de abril de 2010 13:53
Sharisflips disse...

muito massa xD

engraçado é o jogo.
ele dizendo xD

"you motherfukers"

15 de abril de 2010 13:57
Fabricio bezerra da guia disse...

eu já tentei assistir esse filme mas nunca surge oportunidades,ou eu nunca acho na locadora,cada vez mais eu tenho vontade d ever esse que é considerado por muitos o melhor filme da historia

15 de abril de 2010 15:29
Thamyzinha Iwasaki disse...

nunca assisti o filme mais parece ser otimo rsrs
acho que vou ter alugar ou baixar pra poder ver, fiquei curiosa pra assitir rsrs

legal a postagem

xau

15 de abril de 2010 16:15
Bikelando disse...

Esses eu tenho em casa. É como você disse: todo cinéfilo deve ter assistido.
Eu lembro de ter visto esse filme em casa, com meus pais, lá pros meus 12 anos e ainda hoje tem toda a magia de um excelente filme quando eu assisto.

15 de abril de 2010 16:36
MR disse...

O Poderoso Chefão é um clássico e eu nem sei quantas vezes já assisti...
E nunca me canso!

15 de abril de 2010 17:02
planetadablogueira.com disse...

Agradeço a visitinha no meu blog.
Seu blog também está muito bem, organizado, perfeito!
Apareça mais vezes!!!


Abração.

15 de abril de 2010 19:47
Guilherme Lombardi disse...

Poderoso chefão é do caralho! Quero jogar o jogo deve ser demais!

16 de abril de 2010 11:59
Alexandre Terra disse...

como vc disse, é indispensavel, meu filme favorito! Al Pacindo e Marlon Brando, os melhores atores do cinema!

adoro a trilogia, mas prefiro o primeiro!

16 de abril de 2010 14:20
Fernando disse...

Uma obra-prima do cinema!
Como pode fazer tanto sucesso, mesmo depois de tanto tempo, não é?

OBRA-PRIMA!

Adoro!

abs,
seuanonimo.blogspot.com

19 de abril de 2010 16:13