11 de mar de 2010

Ricardo Darín, digno de Oscar



Ah esta Argentina ingrata, se cito um homem que tem erguido o cinema argentino é Ricardo Darín, e digo mais, foram dois filmes que me introduziram ao “novo” cinema de los hermanos, ambos estrelados por ele: Darín... El Darín... homem bonito, talentoso e um verdadeiro artista. Ta aí um prato cheio para os cinéfilos de plantão: O Filho da Noiva (El Hijo de La Novia 2001) e o ótimo: Nove Rainhas (Nueve Reinas 2000). Estes filmes devem ser vistos e analisados.


O Filho da Noiva:

Um homem com uma família e que não sabe valorizá-la.Do divórcio à herança de sua filha. Do passado os seus pais. Do presente seu mundo num restaurante. E ele, o personagem central, Rafael: Incrédulo e irritado.

Rafael é um homem extremamente estressado e atribulado com os excessos da vida, seu pai um senhor casado, mas solitário que deseja realizar, novamente, uma cerimônia na igreja com sua atual esposa, esta que vive num asilo.

Apesar da doença de Alzheimer que atinge a mãe, e a todos envolvidos, o que permeia é a tentativa de retomar o passado.

Darín realiza o papel com responsabilidade como Norma Aleandro, que não abusa dos exageros de um papel que naturalmente proporcionaria excessos. Talento este de uma atriz veterana e cheia de leveza na interpretação.

O filme sofre uma reviravolta depois que Rafael sofre um infarto, foi necessário levar um susto para não morrer, e é a partir desse dia que ele inicia seu recomeço.

Diferente dos filmes em que o protagonista é o vilão e se descobre para virar um anjinho, O Filho da Noiva é diferente. Primeiro: Há muito diálogo e menos ações melodramáticas, momentos extremamente divertidos, engraçados e outros absurdos. Momentos estes ocasionados por outro ótimo ator, Eduardo Blanco, que interpreta o amigo de infância de Rafael. Uma entrada triunfal e afirmo que todas as aparições de Blanco nos fazem rir.

Existe também o ponto analítico da história, Darín se permite a criticar sua própria argentina, além de haver varias tiradas que soam como criticas categóricas que servem para o mundo.
O filme é bom, com atuações excelentes e com uma simplicidade que fica difícil de acreditar ser mesmo da argentina.

Nove Rainhas:


Dois golpistas divertidos e sentimentais. Parece loucura, mas o filme Nove Rainhas ganha no sarcasmo e cara de pau de se dar bem na vida fazendo os mais absurdos trambiques.

Nem velhos, jovens e comerciantes se safam da falta de cara de pau de Ricardo Darín e Gastón Pauls.

O filme já começa numa trapaça inteligente que te confunde, até surgir o encontro da futura dupla de vigaristas é aí que começa a divertida união que move a ação do filme. O ponto crucial da película está na tentativa de roubar as Nove rainhas, selos raros, preciosos que vale o maior golpe da dupla, calculado em milhões.Se o filme é bom se dá pelo ótimo roteiro que mistura situações inteligentes, diálogos ágeis e as pitadas essenciais para um conflito dos personagens.

Nada é esquecido, o que torna a trama envolvente e, claro, as atuações são magistrais. O filme te deixa numa eterna dúvida ao querer saber quem vai se dar bem no final, e surpreende de forma moderada. Uma verdadeira trama argentina.

13 comentários:

M. Martins disse...

Olá, eu adoro cinema, adoro alugar filmes também!
Esses dois que você indicou, confesso que nunca vi, mas vou procurar saber a respeito =)
Se tiver mais indicações, pode mandar!

12 de março de 2010 00:07
Lunaticools disse...

Assisti dia desses "El Polaquito", um filme argentino que gostei deveras. Gostei das sinopses, o que me fará perguntar por eles para uns camelôs que tem aqui, em Sampa, uns camenerds que vendem filmes lado B, Cults.

abç
Renato

12 de março de 2010 00:07
Juliana Trinci disse...

Gosto de filmes alternativos, que não são estilo clips da MTV. Valeu pelas dicas, o ruim é encontrar. Mas me interressei pelo O filho da Noiva

12 de março de 2010 00:12
Ranyelle Andrade disse...

Gente ADOREI o blog. Adoro cinema, adoro novidades e vi que posso encontrar tudo aqui certo?

sucesso, beijos

12 de março de 2010 00:39
♫ Angélica ♥ Kawai ♪ disse...

São filmes bem Interessantes mesmo, pelo menos segundo o Roteiro.
Ainda procurarei eles para assistir.. Será que já tem ewm DVD?

12 de março de 2010 02:15
Luisguitarg3 disse...

Muitoo booua suas diicaas de filmeeess...! ^^

12 de março de 2010 02:47
Daniel Silva disse...

não curto muito filmes com idiomas fora do inglês e português.. um cinema alemão até que é legal, mas em espanhol não desce.

abraço

12 de março de 2010 09:57
ARTESURBANA disse...

PARABENS PELO POST ...

12 de março de 2010 10:19
www.autopan.com.br disse...

Esse filme realmente é muito bom.
e concordo plenamente quando ao Ator, ele manda muito bem.
Parabéns pelo blog.

12 de março de 2010 10:48
Macaco Pipi disse...

ja arrumei aqui pra assistir

12 de março de 2010 14:44
Sparky disse...

Ótimas análises, fiquei até com vontade de assistir "Nove Rainhas", o estilo sarcástico me apetece.

Não conhecia seu blog, vou ficar de olho. =)

12 de março de 2010 17:07
seuvicio disse...

Só conheço de nome.

12 de março de 2010 18:30
bruna disse...

Parabéns pela postagem....vou ver os filmes =D

15 de março de 2010 14:32