16 de mar de 2010

Origins - System Of A Down




E aí? Prontos para mais uma banda? Bem... prontos ou não ai vou eu! E hoje vai ser System Of A Down, idéias fortes, músicas expressivas e muita criatividade definem essa banda. Realmente vale a pena conhecer.

Havia quem dissesse que não tinha mais nada a se inovar no rock, e que tudo que vem é de certa forma um plágio de bandas mais antigas, mas não era isso que o pessoal do System pensava e foi justamente o que eles provaram.

A banda, apesar de ser americana, é formada por descendentes armênios, Serj Tankian (vocais, teclados), Daron Malakian (guitarra, vocais), Shavo Odadjian (baixo) e John Dolmayan (bateria). É conhecida pela sua visão crítica muito bem idealizada, em suas músicas eles criticam principalmente as guerras e governos que patrocinam essa violência.

Mas seu estilo não se resume em críticas ou protestos, afinal System tem um estilo muito diversificado e alternativo, agradando desde quem curte um som mais pesado a até mesmo a quem aprecia á uma bela melodia.

Tudo começou por volta de 1993, quando Malakian, um vendedor de softwares, conheceu Tankian em um estúdio em Los Angeles. Suas semelhanças (músicos, armênios, e idealizadores políticos) logo os aproximaram, e enfim por que não montar uma banda?
Chamaram mais dois amigos para completar e estava pronta a “system”!

Ah, se você acreditou nisso, tenho que te dizer... não foi tão simples assim. Eles até chamaram mais dois amigos, mas então estava completa a banda “Soil”.

Ah .. Soil... uma bandinha simples e um tanto calada. Depois de um ano, a banda havia feito apenas um show e poucas gravações. Os tempos não eram nada bons e assim o baterista e o baixista (aqueles amigos convidados) resolveram sair. Qual a desculpa? Veja só, eles afirmaram que a banda não iria a lugar nenhum.




Depois desse período muita coisa mudou, desde os integrantes, a até mesmo o nome, que agora sim seria System Of A Down. Aí então eles entraram de corpo e alma na luta, começando assim uma jornada repleta de shows, fitas demo e até mesmo alguns covers.

E assim se passaram 3 rápidos anos, bares e clubes como Whisky a Go Go, Viper Room e The Palace eram como uma segunda casa para os integrantes do SOAD. Mas em 1997 mais uma pedra no caminho, o até então baterista Andy Khachaturian abandona a banda por conta de uma lesão e os SOADs começam a busca por outro baterista. O substituto escolhido foi John Dolmayan, firmou-se então a formação que prevalece até hoje.

Estão lembrados daquelas fitas demo as quais citei anteriormente? Digamos que uma gravadora gostou do trabalho deles, a American Recordings resolveu dar uma chance para o grupo, e selou um contrato para a gravação de seu primeiro álbum. Agora era só torcer para que o povo gostasse do som... E não é que gostou mesmo!


O ano é 2000, e lá está o System, marcando presença!


De fato System estava empenhado em alcançar seus objetivos, e agarraram todas as oportunidades que conseguiram, fizeram turnês de abertura para Slayer e Sepultura, e tiveram muito sucesso, tanto que para John, o baterista, o momento mais emocionante da carreira foi sua primeira turnê, abrindo para o Slayer.

Palavras dele: "Os caras da banda disseram que nunca em todos os anos que eles tocam, uma banda de abertura foi tão bem recebida pelo público como nós. Foi o máximo ouvir aquilo do Slayer!"

A criatividade, senso crítico e estilo sem igual do system logo lhe trouxe muitos fãs, mas em 2001 com o álbum “Toxicity” a banda tomou impulso, e no ano seguinte decolou, com o álbum ”Steal This Albun” e a musica BOOM!, que criticava a guerra e o investimento americano em armas e bombas. Afinal uma critica ao bush é sempre bem-vinda!



Mais um cd falsificado vindo do mundo da pirataria? Não é só o system provocando, lançado um cd bem falsificável (steal this albun = roube este álbum).




BOOM! - Como uma bomba, SOAD explode no mundo inteiro! (legendado, apesar da péssima resolução da imagem)


E esta é a historia do System, uma banda que provou que ainda a muito o que inventar no rock, e que dizer que tudo já foi feito é só papo furado. Tanto que ainda há muitas dúvidas sobre o real estilo da banda.. Há quem diga que é heavy metal outros dizem que é prog. rock.. Segundo a banda.. A mídia vai apenas os rotular com algum estilo que esteja na “moda”.


B.Y.O.B. – “Por que os presidentes não combatem a guerra?
Por que eles sempre mandam os pobres?”


CASOS E ACASOS:

Serj Tankian: vocalista, porém toca vários instrumentos musicais, em alguns shows toca guitarra, é adepto do vegetarianismo e não gosta de viver em turnês, assim como não curte assistir televisão.

Daron Malakian: o guitarrista com fama de ser o anti-social da banda, um carinha bem perturbado, tomava varios calmantes, mas há quem diga que agora ele medita. Uma vez ele bateu com a guitarra na cara do Serj, deixou o cara inconsciente e com o rosto sangrando. Quando criança costumava sonhar que seus pais estavam tomando chá com o Ozzy Ousborne. Mais tarde começou a treinar guitarra, tocava de 7 a 10 horas por dia, e só parava quando a fome pegava pra valer. Hoje ele prefere colecionar caveiras e trocar os móveis de lugar nos hotéis só pra confundir as camareiras.

Shavo Odadjian: o baixista fã do Kiss, também é um popular DJ de Los Angeles, diferente de Daron, ele prefere colecionar DVDs do que caveiras. Um caso curioso: Em outubro de 2001, Shavo apanhou de seguranças ao entrar com duas garotas na área reservada de um show na cidade de Michigan.Resultado? Shavo processou a empresa de segurança por tê-lo humilhado diante aos fans.

John Dolmayan: já temos o “vegetariano”, o “anti-social” e o “festeiro”, o que sobraria para o nosso baterista John? Há John ganhou merecidamente o posto de “pervertido” ou “tarado”, se preferirem. Por que? Apesar de ser um ávido colecionador de HQ’s, era Também um vendedor de quadrinho e animações japonesas (de que tipo será?), John é viciado em pornografia, e de vez em quando toca o show inteiro pelado. Bom de fato isso nunca o impediu de ser um ótimo baterista e foi eleito por algumas revistas como um dos mais técnicos bateristas de metal dos anos 2000.


Tá afim de saber mais sobre AQUELA banda e o maldito Fernando não posta sobre ela? Pois não deixe de dar a sua sugestão, você pode fazer isto através de um comentário, ou mandando um email para fernando.atdg@hotmail.com, você decide! Juro que o Fernando não vai se importar ;]

13 comentários:

Macaco Pipi disse...

GOSTO DEMAIS DOS CARAS
FODAA

17 de março de 2010 00:25
Ítalo Richard disse...

Acho eles interessantes, mas confesso que não consigo mais ouví-los com o mesmo furor de antes!

Ps: Vi que vc postou alguma coisa sobre o Cranberries (Essa banda, eu amo!!!!) Inclusive estou ouvindo nesse exato momento. Vou lá ver o que vc escreveu.

abraço.

www.todososouvidos.blogspot.com

17 de março de 2010 00:47
blogdomarcelo disse...

baah, não são tudo isso, e tbm so mais o cranberries inclusive fui no show deles em poro alegre, com a formação original!
abraço, muito legal seu blog.

17 de março de 2010 01:04
Pobre esponja disse...

Esse Boom é muito Bom! Hehe! Autêntico e revolucionário. Quanto a banda em si eu não curto ao ponto de baixar sons, mas se tiver tocando... ah, deixa rolar!

abç
Pobre Esponja

17 de março de 2010 07:10
LADY DARK ANGEL disse...

os clipes deles me assustam,mas adoro o som q eles fazem

17 de março de 2010 11:54
Daniel Silva disse...

muito bom o texto. uma das bandas mais criativas que surgiram nos últimos anos.

abraço

17 de março de 2010 12:12
M. Martins disse...

Já tinha ouvido falar nessa banda, bom o texto! parabéns!

17 de março de 2010 14:10
Macaco Pipi disse...

o loco
tem gente q apenas tinha ouvido falar
temos q espalhar ;d

17 de março de 2010 15:09
vitorinha^^ disse...

q massa!
confesso q nao conhecia esse som
gostei

http://muv-underground.blogspot.com/

17 de março de 2010 15:11
KASSIO KIBOR disse...

legal essa banda

gostei do segundo vídeo.

17 de março de 2010 16:03
Francisco Saldanha disse...

Umas das melhores bandas que já sugiram na ultima decada..valeu

18 de março de 2010 19:48
Anderson Andrade disse...

Sim, muiito bom. System Of a Down é ótimo Curto o som deles desde os meus 9 anos. é claro no começo como eu era só uma criança curtia apenas a sonoridade deles, depois fui crescendo e fui gostando além do som, as letras, são muiiito boas. Serj Tankian é um Gênio pode ter certeza. abraços

detalhes tenho 18 anos rsrsrs

21 de março de 2010 20:18
Anderson Andrade disse...

seria muito bom você falar do Serj Tankian e a Symphony de Auckland. muito bom, não sei se o pessoal vai gostar, mas com certeza quem é fã do S.O.A.D vai gostar sim. abraços.

21 de março de 2010 20:22