26 de mar de 2010

Ilha do Medo, um filme de extremos, de Martin Scorsese

Uma trama montada, uma teia tramada, um jogo psicológico fortíssimo que confunde inclusive o espectador - e provavelmente rendeu ao DiCaprio sessões reais com psiquiatras - assim que é o filme Ilha do Medo, de Martin Scorsese.

Eu poderia tecer "N" comentários e críticas ao filme, mas o fato é que é possível reconhecer quando se vê uma obra prima, e esta é uma das obras primas do Scorsese, o cara consegue manter o espectador tão fissurado no filme que praticamente entra junto, só falta começar a gritar pra onde o personagem principal deve ir.

Bom, o filme é cheio de referências, isso é possível notar logo no ínico, quando uma barca chega em um porto em completa neblina, e a partir daí é só desenrolar, o filme se mistura o tempo todo, uma espécie de terror psicológico, um thriller mórbido, um filme policial com um detetive de noir cheio de conspiração, um filme delírio sem ninguém saber do que se trata a ilha e, inclusive, um filme de guerra, apresentando o local como uma espécie de campo de concentração.

O filme não se confunde apenas na vista do espectador, se confunde também no personagem, em vários momentos ele acaba por se perder, sem saber o que é que está acontecendo, se deixando levar pelos acontecimentos. Scorsese nunca foi de esconder seu jeito assimilador de referências, mas neste filme ele se supera, junta tudo em um liquidificador e ainda bate numa batedeira elétrica, pra ter certeza que tá bem misturado.

Ilha do Medo é um filme pesado, que se deixa levar muito bem pela trilha sonora, as vezes música erudita, outras vezes apenas sons para acompanhar os acontecimentos, é possível perceber que em algumas cenas e em alguns cortes há um "Q" de Hitchcock, além dele usar e abusar da semiótica.



Engraçado é que eu só falei do Scorsese, né? Mas as interpretações de Leonardo DiCaprio e Mark Ruffallo, são admiráveis também, Leonardo DiCaprio não está na sua melhor forma, mas demonstra uma maneira de carregar o público com ele de um jeito admirável, e Mark Ruffalo com seu personagem dúbio, deixa claro para o espectador quem ele é, mas quando quer confundir, faz de uma forma perfeita.

O filme tem seus defeitos, muitas críticas irão botar o filme no chinelo, mas é interessante dizer que vale o ingresso. Nem todos são os cinéfilos que Scorsese gostariam que fosse, mas entre todos os filmes feitos por ele na última década, esse é o mais ousado, para o bem e para o mal.


11 comentários:

♫ Angélica ♥ Kawai ♪ disse...

Barbaridade.. adoro esse tipo de filme.. sabe começa de um jeito e o final é.. imprevisivel...
Não vi ainda.. mas espero que seja assim.. pelo menos pra mim...XD

26 de março de 2010 02:07
Tatiana disse...

VC conseguiu me deixar curiosa pra ver o filme.. adoro suspenses, e esse pelo q vc disse é muito bem feito.
Fazia tempo q nao via o Di Caprio.. mas sinceramente, pra mim, não é o mais importante..
vou pagar pra ver.

26 de março de 2010 02:12
Satiko disse...

AAh mew que filme feraaaa caraaa!!!PArece bom demais,certeza que vou assistir!!

26 de março de 2010 09:01
Daniel Silva disse...

juntar di caprio com scorcese só pode dar coisa boa. e ainda tem o ben kingsley, que é um ótimo ator!

26 de março de 2010 10:18
Calango disse...

caaaaaaaara tu deve passar o dia todinho assistindo filme/série não é?

aheuioahiuehe

o filme aew deve ser legal...

se por um acaso algum amigo meu tiver em casa eu vou ver se pego emprestado...

26 de março de 2010 10:23
Thiago Sampaio disse...

Scorsese é genial a cada cena, sou um apaixonado pelos filmes dele, na minha opnião é o melhor diretor de todos os tempos.

Esse filme ainda não vi, mas espero ansiosamente a oportunidade.

Muuuito bom blog cara, informações excelentes, parabéns.




http://www.surupanganews.blogspot.com/

26 de março de 2010 14:58
Gaby Nunes :] disse...

Nossa,me interessei bastante pelo filme,deve ser otiimo! :]
Parabéns pelo blog ;]

26 de março de 2010 15:07
Rogerio disse...

esse filme parece ser bom vou querer assistir;...gostei da dica...

26 de março de 2010 15:35
yuMi- disse...

O filme é realmente excelente e a sonoplastia me lembrou muito O Iluminado!

29 de março de 2010 03:23
Francorebel disse...

Scorcese deve estar brilhante, como sempre... adoro os filmes dele... valeu!!!

29 de março de 2010 11:58
Francorebel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.