18 de fev de 2010

Soap Opera Show - Desmistificando as Helenas

Alguns capítulos atrás eu falei sobre o Manoel Carlos. Ele não é meu autor favorito, sou muito mais dos dramalhões da Glória Perez e das tramas quase policiais do Gilberto Braga. Mas, como Maneco está no ar, falemos dele e de suas “Helenas”...

Todo mundo pensa que Helena é o nome da filha, da esposa, de uma amante ou o ego do autor, mentira! Segundo o próprio, Helena é apenas um nome forte, de mulher decidida, que ele gosta de usar nos seus textos.

Vejamos, a primeira Helena nasceu em 1981, na novela Baila Comigo, vivida por Lilian Lemmertz, atriz já falecida. Desde então, somente em outras duas novelas Maneco não usou o nome que ele tanto gosta.

Mas vamos desmistificar as Helenas...

Eu discordo do autor quando diz que as Helenas são fortes, muitas foram bem sem sal. Maitê Proença, em 1991, e Christiane Torlone, em 2003, estão aí e não me deixam mentir. Essas se tivessem morrido durante a trama ninguém sentiria falta. Pra mim, somente duas Helenas foram realmente marcantes.


As eternas Helenas de Manoel Carlos

Regina Duarte em Por Amor (1997)
A mãe super protetora que trocou seu bebê vivo pelo bebê morto da filha. Regina Duarte surpreendeu com essa Helena.

Tirando as viradas de cabeça e o drama - que são naturais da atriz - ela foi muito bem e marcou a novela com sua interpretação. A personagem era uma mãe muito chata que mimava demais a filha, mas a atriz encarnou bem e se destacou. A cena mais legal: foi quando ela contou que trocou os bebês e a filha disparou a célebre frase: “Eu odeio você, eu odeio o que você fez!”.

Vera Fischer em Laços de Família (2000)
Mais uma vez a Helena era uma mãe, mas muito diferente da sua homônima de Por Amor. Essa não deu um bebê para filha, fez pior: deu o namorado!

Sim, bem adiantada para as preconceituosas telespectadoras, essa Helena já dava os ares de uma mulher moderna, o perfeito protótipo do sexo frágil do novo milênio. Tudo bem que Vera Fischer mais uma vez mostrou toda a sua inexpressividade mantendo a mesma face paralisada em todas as cenas, mas a personagem em si era forte, por isso merece a lembrança. A cena mais legal: Obviamente quando ela da uma surra em Dóris, personagem infernal da Débora Seco.

Nem vamos falar na Helena que Taís Araújo está interpretando em Viver a Vida: péssima.

Outro detalhe do Maneco: já perceberam que os médicos são sempre Dr. Moretti? E sempre tem uma Marta nas histórias, cuidem!

Como diriam os Caçadores de Mitos do Discovery: mais um mito desfeito!

Por enquanto foi isso, então, até o próximo capítulo!

22 comentários:

Tati disse...

Sinceramente esse post não me acrescentou em muita coisa. Não curto Manoel Carlos, nem Glória Perez, nem novela. Gosto de filme, de seriados, livros e música boa. Mas admito que a novela tem um papel importante na cultura do nosso país: das melhores às piores. Como tudo na vida!

17 de fevereiro de 2010 22:13
tdsobremoda disse...

Muito legal ,adoro novelas !
Lembro da Christiane Torlone que se eu não me engano fez Mulheres apaixonadas... das outras não me lembro! Helena é mesmo um nome bem marcante.

17 de fevereiro de 2010 23:02
Silvio Junior Wencevoski disse...

E não é que ele gosta realmente das tal Helenas (risos).

Parabéns pelo bom post. Abraços.

17 de fevereiro de 2010 23:42
Nessinha Colors disse...

sinceramente, eu não vejo e não gosto de novela, e apesar de todos adorarem esse autor eu acho ele como qualquer outro, intediante hehehe

18 de fevereiro de 2010 10:51
30 e poucos anos disse...

Infelizmente não posso emitir comentário pois não sou noveleiro ... só fico sabendo qdo leio as capas das revistas de fofocas na banca de jornal

18 de fevereiro de 2010 11:20
Dú Esperanco disse...

sinceramente, não gosto de novelas.
não sei se feliz ou infelizmente.
já vi novelas, no vale a pena ver de novo, como laços de família, do manoel carlos...
sempre tem uma helena, mas garanto que isso não é a questão mais brilhante desse grande noveleiro do nosso país.
se ele tem mtas novelas, o merito é pelas helenas?

18 de fevereiro de 2010 11:51
Iara Rodriguez disse...

Por mais que digam eu nao assito novela,como eu tb não assito tem sempre um dia que estamos mudando de canal e uma ceno ou outra nos cham atençao,ou quando estamos na casa de alguem que a tv esta ligada nao pedimos pra mudar,entao acabamos assitindo um pedacinho,e na minha opinião a Tais araujo esta sendo a pior de todas as Helenas... Beijo

18 de fevereiro de 2010 13:15
Lolly Deluiz, disse...

Mesmo que eu nao assista novela, já tinha percebido esse negocio das helenas. É muito boa a ideia dele, de verdade achei muito curioso!
Ele é um ótimo autor. LEmbrando de novo que eu NAO de jeito NENHUM vejo novela. rs

18 de fevereiro de 2010 13:50
saudeecompanhia disse...

A pior Helena pra mim é a atual,aliás a novela é ruim também.

18 de fevereiro de 2010 15:21
Bruuh Fevers disse...

esse cara deve ter se apaixonado por uma Helena...
Como ja falaram,eu tbm naum sou muito fã de novela,prefiro seriados e filmes.
Mas mesmo assim é legal variar um pouco e falar de novela...

18 de fevereiro de 2010 15:34
Sequelanet disse...

Incrível como você sabe TUDO sobre novela!
bacana o post
abraços

18 de fevereiro de 2010 15:36
kbritovb disse...

gosto das atrizes mas nunca vi uma novela dele inteira, só pedaços
sem falar que sempre tem uma criança chata

18 de fevereiro de 2010 16:46
Lucas Dinizz disse...

Acho legal que ele sempre escolhe ótimas atrizes! E o melhor é que todas namoram com o Zé Mayer ~GALÃ~ da TV brasileira! HUAHAHA

18 de fevereiro de 2010 19:12
JúNiOr_DeSeNhO disse...

Na verdade eu tb não assisto novelas... gosto mais de filmes, tb nem dá muito tempo pra eu assistir... Mesmo assim já tinha ouvido falar nas "Helenas"...

18 de fevereiro de 2010 19:29
Paulo Gonçalves disse...

Na verdade eu tb não assisto novela

19 de fevereiro de 2010 12:24
esdras b disse...

Adoro posts que falam sobre novelas e assemelhados, mas confesso que já estou meio cansado dessas análises sobre Manoel Carlos e suas eternas Helenas, principalmente agora que suas novelas deixaram de ser um manjar dos deuses desde PÁGINAS DA VIDA, já havia gostado pouco de MULHERES APAIXONADAS, mas ainda tinha alguns temas interessantes, depois desandou de vez. Maneco já está velho demais e sem criatividade, infelizmente nem de longe lembra mais os bons tempos de FELICIDADE, HISTÓRIA DE AMOR, POR AMOR e LAÇOS DE FAMÍLIA.

Abços!!!

19 de fevereiro de 2010 13:22
War Inside My Head disse...

VC CURTE MUITA NOVELA PELO VISTO, É COMPLICADO DAR UMA OPNIÃO QUANDO VC NÃO ENTENDE OU MESMO ASSISTE NOVELAS...

19 de fevereiro de 2010 13:28
O Pinto Louco disse...

HAHAHA boaa adm..
concordo plenamente com voce, sem por e nem tirar nada

19 de fevereiro de 2010 14:23
Mau Santos disse...

Ah, eu estava achando a Tais Araujo péssima também, mas percebi que é a chatice da personagem que deixa isso transparecer. Adoro o Manoel Carlos, mas ele é mesmo repetitivo. Quanto aos personagens repetidos, coincidentemente hoje eu passava por uma banca de revista e pensava exatamente isso: sempre há uma Marta, uma Betina, um Dr. Moreti. Mais uma repetição? A bossa nova e as abertura lentas e chatinhas, com aqueles depoimentos. Repetir a mesma fórmula cansa! Avisem o cara!

http://frag-reflex.blogspot.com/

20 de fevereiro de 2010 00:40
JPFOX disse...

Estranho, não muito de novelas, mas as do Manoel Carlos eu sempre assisto, sempre não, pois não estou acompanhando esta. Sobre as "Helenas", acredito que a fórmula dele deu mais que certo. Elas direcionam toda a drama. Até mais.

20 de fevereiro de 2010 00:47
Marido Sanduíche disse...

Eu adoro novelas, mas tá de doer a Elena com a Thaís Araújo, nossa ela é muito ruin.
Mas em compensação a Aline Moraes dá um espetáculo em sena.

22 de fevereiro de 2010 16:13
Lunaticools disse...

Detesto novelas televisivas. Tirando "Tieta", que é um clássico - mas antes, um clássico literário- , abomino as todas e vejo nelas um grande tolidor de imaginação: um pão (bolorento) e um circo (de horrores).

abç
Pobre Esponja/ Lunaticools

23 de fevereiro de 2010 15:25