12 de fev de 2010

O Som do Anime - Beck, Mongolian Chop Squad

Criar uma banda, conviver com os difíceis conflitos internos do grupo, enfrentar as mais duras barreiras da carreira, fazer um som maneiro, e por fim, estourar em todas as paradas de sucesso. Beck - Mongolian Chop Squad trata de tudo isso e um pouco mais.

O anime, adaptado do mangá de Harold Sakuishi, foi uma das mais sensacionais obras que o mundo Otaku já leu, viu e com certeza, ouviu.

Beck retrata o cotidiano de uma banda japonesa criada por um jovem guitarrista com o dom da música, um adolescente apaixonado, um vocalista encrequeiro, um baterista novato e um baixista gente fina.

Todo o drama e romance envolvidos na história com certeza valem a pena. Porém, o que mais chama a atenção no anime, pelo menos para os que possuem ouvidos mais aguçados, é a música. E quando falo música, não falo só das músicas de abertura e encerramento, comuns a qualquer anime. Falo de toda a trilha sonora, de todo o amor pela música, sobretudo, pelo rock.

Vários elementos contribuem para a sensacionalidade do anime. O inglês, constantemente falado e cantado, ainda que a história se passe quase que inteiramente no Japão. A citação e/ou parodiação (se é que esta palavra existe) de grandes nomes da música mundial, como John Lennon, Jim Morrison, Janis Joplin, Freddy Mercury, Sid Vicious, Kurt Cobain, Bob Marley, dentre tantos outros.

Ainda fazem parte da trama, alguns elementos peculiares, como a famosa Lucille, guitarra de B. B. King, um dos gigantes do Blues nos Estados Unidos. Assim como as guitarras de Angus Young, as quais o apaixonado Kyouki faz os seus primeiros shows com a banda.

Músicas de sucesso em suas épocas, como I've Got a Feeling (The Beatles) e Follow Me (Rocket Boys) são sucessos do repertório de Beck.


Beat Crusaders, banda criada em 1997, foi uma das bandas que mais tocou no anime. A música de abertura, Hit In The USA, é o maior sucesso do grupo. Outras músicas da banda que tocaram no anime foram: Moon On The Water e Super Ko Rider.


Beck é, sem sombra de dúvidas, um anime fascinante!

Só para finalizar, o que era boato, para a alegria de muitos, se tornou realidade. Beck - Mongolian Chop Squad terá um Live Action, que será dirigido por Yukihiko Tsutsumi. As gravações começam em julho deste ano. Vamos esperar para ver!

Espero que tenham gostado, até a próxima!

11 comentários:

Atanervo disse...

Gosto de animes, mas não chego a ser Otaku, queria saber onde encontro esse?

beijos

12 de fevereiro de 2010 14:54
Gabriel Pozzi disse...

olá!! :D
um dia li uma HQ chamada Local, não sei se ja ouviu falar, mas o que importa é que ela é uma das melhores HQ's que ja li na vida, e olha que já tive minha fase nerd viciado em marvel e outras graphics novel... bom, onde eu quero chegar? nessa HQ tinha um dos capitulos a historia de uma banda. na verdade a historia começava com o fim da banda, e era fascinante. Eu pensei "por que não existem mais histórias retratando histórias ficticias sobre bandas?", afinal, todo o material desse tipo se limita a documentários sobre bandas reais...
Vou ser sincero, por não ser muito ligado ao universo de animes (embora seja amigo de pessoas que são, e eu vou em anime friends da vida), acabei por desconhecer a história de Beck, sei que um amigo meu é viciado, mas nunca conversei com ele sobre isso!
e agora fiquei super animado a assistir, já que é praticamente a história que tenho esperado desde que li Local!
Valeu "DeGaragem", muito boa postagem :D

http://songsweetsong.blogspot.com/

12 de fevereiro de 2010 15:09
CINECLUBE01 disse...

Poxa que legal! Não sabia desse anime.

12 de fevereiro de 2010 15:33
Amanda disse...

Show de bola!! sao bem legais mesmo!! a musica deles faz ate meu estilo!! ^^

12 de fevereiro de 2010 15:59
Neuro-Musical disse...

Nossa
Achei bem interessante a ideia do anime. Gostei bastante e acho que deveria existir mais animes nesse genero!

http://cerebro-musical.blogspot.com

12 de fevereiro de 2010 19:09
saudeecompanhia disse...

Excelente e criativa a ideia do anime.Estamos precisando de novidades deste estilo!

12 de fevereiro de 2010 19:29
kbritovb disse...

tb num conhecia o anime e achei bem legal

12 de fevereiro de 2010 21:53
Gutt e Ariane disse...

Um projeto a la Gorillas não é mesmo? Porém, com uma proposta melhor elaborada e com a chance de fazer muito mais sucesso!
Um achado e tanto esse! Desconhecia por completo!

12 de fevereiro de 2010 22:00
Luccas disse...

hum... interessante \o/

amicquinho.

12 de fevereiro de 2010 22:31
Emerson disse...

gosteii... bom poste, legal essa interação musica - anime.

13 de fevereiro de 2010 00:34
Victor Viana disse...

gosto muito de animes e ficou muito bom a postagem

7 de maio de 2010 16:38