1 de ago de 2009

Das Antigas - Wings

Estou de volta gente!
Tá, me desculpem pela ausência... Mas é que tive alguns imprevistos com o meu pc e ainda tive que viajar semana passada... De qualquer maneira estou de volta! :D
Hoje eu(titia wiki) vou falar sobre a banda "Wings" ou "Paul McCartney and Wings", a banda que Paul McCartney formou depois do Beatles.
Essa banda me faz lembrar da minha mãe, que adora Wings e Beatles... Então vou dedicar essa postagem pra ela! (apesar de ela não ler o blog, ou qualquer outra coisa que não seja o orkut)

Espero que gostem! Hoje vou colocar dois videos, um da banda Wings mesmo e outro de uma música com o Michael Jackson e o Paul McCartney.... Tá, é porque eu adoro essa música!

Até semana que vem! \o

Wings foi uma banda de rock dos anos 1970, liderada por Paul McCartney, formada após o fim dos Beatles. Durou de 1971 até 1981. A banda atingiu bastante sucesso embora tenha mudado constantemente de integrantes. Somente três integrantes permaneceram do início ao fim: Paul McCartney, Linda McCartney (esposa de Paul) e Denny Laine.

Em agosto de 1971, Paul resolveu formar uma nova banda de rock. Ele chamou o baterista Denny Seweill e o guitarrista Denny Laine (ex-Moody Blues) para juntar-se a ele e a mulher. Segundo Paul, o nome da banda surgiu após o nascimento complicado de sua segunda filha, Stella McCartney.

Em 1972, os Wings apresentaram-se pela primeira vez ao vivo em algumas universidades inglesas e na Escócia. Lançaram compactos com as canções "Give Ireland back to the Irish" (que foi banida pela BBC por seu conteúdo político), "Mary had a little Lamb", "Hi, Hi, Hi" (que também foi banida pela BBC por suas referências ao uso de drogas e por sua conotações sexuais) e "C Moon".

Em 1972, Paul rebatizou a banda como Paul McCartney and Wings e no ano seguinte lançou o álbum Red Rose Speedway com mais um integrante na banda, o guitarrista Henry McCullough, e o grupo se tornou um quinteto. O álbum trouxe ao Wings seu primeiro hit de grande sucesso, a balada "My Love", mas no geral desagradou aos críticos. No mesmo ano, os Wings lançaram a canção "Live and Let Die" tendo o ex-produtor dos álbuns dos Beatles à frente, George Martin. A canção foi composta especialmente para ser tema do filme do 007 - James Bond: Viva e Deixe Morrer. A música foi indicada ao Oscar.

Em 1979, Paul McCartney organizou espetáculos em ajuda à UNICEF e aos refugiados do Camboja (Concert For The People Of Kampuchea). Participaram dos espetáculos, em Londres, os Wings, Queen, The Who, Pretenders, The Clash e Elvis Costello entre outros. Logo após, o grupo partiu em uma turnê ao Japão, onde Paul McCartney foi preso ao desembarcar no aeroporto por porte de maconha. Ele ficou preso por nove dias antes de ser deportado do país. O incidente marcou o fim dos Wings.

Fonte: Titia Wikipedia





5 comentários:

Ana Lucia Nicolau disse...

adorei, sou fã de Paul McCartney...

2 de agosto de 2009 23:13
Keisy disse...

nossa não conhecia Wings' :O Adooro Paul e Beatles.... E John tbm neh! Post maravilhoso! bjs'

2 de agosto de 2009 23:30
Jéssica Gottlieb disse...

Que bom ver alguém que gosta de música (quando digo isso estou falando de música de qualidade mesmo) em meio a tantos "pseudomúsicos".
Adoro os Beatles e já conhecia os Wings, mas confeço que não me aprofundei muito em saber sobre esses ultimos.
Parabéns pelo post e pelo blog. Passarei sempre por aqui.
;)

2 de agosto de 2009 23:46
Fernanda Maria disse...

olha,gostei viu nem conhecia essa banda curti basntante...
obrigada por nos mostrar isso, importante sempre.

3 de agosto de 2009 15:14
Michell Macedo disse...

Fera eu nap conhecia os wings vou até no youtube pra ver mais videos além do seu, parabens ta 10 !!!

8 de agosto de 2009 23:39