1 de jul de 2009

Ai Mundo - Uma semana sem Michael

Primeiramente, gostaria de me apresentar novamente. Meu nome é Rodrigo Gil, tenho 23 anos, estudo jornalismo e estou participando do Degaragem também! Antes eu ajudava dando meus pitacos, daí gravei um programa com o Uriel até agora, mas virão mais, e agora estou lançando a coluna Ai Mundo! Após muito tempo pensando em um nome para a coluna, Uriel e eu, decidimos que seria iMundo, mas, logo depois, ele se deu conta que iMundo poderia ser lido como imundo, para manter o nome eu sugeri Ai Mundo e ficou! Ok, feito a apresentação desse que vos escreve e da coluna, vamos ao que interessa. Falaremos da música em um âmbito internacional e lamentavelmente começamos com a notícia que já repercute faz uma semana. Uma semana sem Michael.

Infelizmente o mundo perdeu um de seus mais brilhantes humanos. Michael jackson morreu com 50 anos e milhões de filhos espalhados por todo o planeta.
Michael não é um cantor, nem dançarino, nem pedófilo. Michael é um artista completo que nunca cresceu, e como uma eterna criança ele nunca morrerá.
Elvis? nem perto! Se para ele usamos o jorgão: Elvis não morreu! Para Michael podemos usar: Michael nunca morrerá! Assim, vivo para sempre, na lembrança de cada um que cresceu ouvindo suas canções, ele viverá eternamente, até para aqueles que ainda nem nasceram.
Nas suas canções eu encontrava a calma que precisava, a raiva que não tinha, a vontade de ir em frente que não possuia. Michael, foi pra mim, muito mais que um ídolo, ele foi um mestre, mostrando que eu podia desafiar meus limites, replicando seus passos de dança para aqueles que nunca aceitariam, para pessoas que o machismo os impedem de ver que o ser humano pode ser belo pelas suas ações, suas palavras e sua dança.
Michael Jackson nunca abusou de crianças, dizer todos dizem, provar ninguém provou! Ao meu ver, ele - como eterna criança - só queria dar a infância que nunca teve àqueles que também não tinham, e, ao dar isso, ele podia, concomitantemente, resgatar a sua infância perdida! Ele sempre viverá pra mim, e para todos aqueles que ele ajudou, seja pelo USA AFRICA, seja tendo segurado a mão de um menino de uma favela brasileira, seja por ter cantado de coração. Sua musica, seu sorriso, suas bizarrices - sim confesso que várias atitudes eram bizarras (mas quem não é?) - seus atos, tudo viverá pra sempre. Por que? É simples: Michael NUNCA MORRERÁ!

Uma semana após seu falecimento ele ainda não foi velado nem enterrado. Suspeitava-se que o velório e o enterro seriam em Neverland, rancho onde Michael criou um mundo a parte com parque de diversões, zoológico e muita fantasia, mas de acordo com uma nota divulgada pela família do cantor ele não será enterrado lá. Ainda não se sabe onde repousará o corpo do Rei do Pop, resta aguardar e desejar que ele, finalmente, descanse em paz!

9 comentários:

Clarissa Madalozzo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Clarissa Madalozzo disse...

Belissíma matéria! Concordo plenamente...fiquei mto triste com a matéria que li sobre ele na veja, extremamente agressiva.

As pessoas esqueceram do principal sobre Michael Jackson: ele era um ser humano e homens morrem, com ele se foi uma geração!Inacreditavelmente triste...

2 de julho de 2009 00:52
Kelly Christi disse...

Ele foi um grande artista, independente dos seus defeitos.
O mundo perdeu o corpo, mas sua música ficou...

bjitos

http://www.pequenosdeleites.blogspot.com

2 de julho de 2009 10:09
Jugs disse...

Parabéns pela matéria Gil! Está magnifica!
O que falar de Michael! ele foi o mais brilhante artista que já existiu...
É uma pena que pessoas as pessoas não entendam os motivos de ele sempre ser tão excentrico... A infância roubada, o pai louco, a falta de privacidade, entre outras milhares de coisas que as pessoas não sabem...
É incrivel como o pessoal só faltava tacar tijolo nele, e agora depois de morto é gente chorando, falando que ele era perfeito... Odeio gente que não sabe ter opinião...

Michael nunca morrerá!

2 de julho de 2009 15:10
jaka disse...

goodbye MJ

3 de julho de 2009 08:04
Pádua disse...

Michael Jackson vai virar um Elvis da vida, nunca morrerá.

3 de julho de 2009 10:02
JOY disse...

Ótimo texto adorei!!
ainda não acredito que aconteceu, fez parte da vda de todoos desde o inicio...


Confira tbm
http://joycebc.blogspot.com/

Bjão
se cuida

3 de julho de 2009 10:52
Wander Veroni disse...

Oi, Rodrigo!

Seja bem vindo ao "De Garagem"! Tenho muita simpatia pelo projeto que tem tudo para ser um sucesso na web.

Bom, o MJ foi um grande artista. Uma música única e um personagem que vai além de tudo que possamos imaginar. É um ídolo e mito sem igual!

Parabéns pelo texto!


Abraço,

http://cafecomnoticias.blogspot.com

3 de julho de 2009 13:14
D'Nauiy disse...

Eu ainda acho que o mestre do pop foi pra mesma ilha que o Elvis... Uma possível Neverland que ninguém nunca soube onde é.

Michael era foda.. e sempre será!
gostei do Blog, ta add ae galera! ;)

7 de julho de 2009 17:24